TRANSFOLHA amplia e moderniza seu principal hub em São Paulo

O novo desenho do hub distribuição da TRANSFOLHA em Barueri foi pensado na eficiência de todos os processos, criando mobilidade e deixando toda a operação mais enxuta. Foi uma mudança necessária para o crescimento da TRANSFOLHA, que acompanha de perto a evolução da demanda do mercado voltada ao prazo e qualidade de entrega ao cliente final.

Cada parte do processo, em todas as etapas, precisa estar apropriadamente estruturada para não acrescentar prazo na entregas dos produtos. Agora, a operação é bem mais rápida, focada no necessário para que a entrega seja cada vez menor – o grande desafio do e-commerce desde sempre.

Primeira etapa:  Mudanças na estrutura física
Todo o processo de evolução e ampliação do hub de Barueri começou há 04 meses, foi preciso mudar todo o layout do hub. A formatação da disposição da mercadoria foi pensada para atender as regras do  FIFO (First In, First Out) que garante que o primeiro cliente que dá entrada no hub também será o primeiro que vai sair. Esta prática é fundamental para toda mercadoria vendida pelo e-commerce e, segue uma lógica cada vez mais sensível os dias atuais:

Quem comprou antes, recebe antes!
A TRANSFOLHA consegue garantir que 100% da mercadoria siga esta lógica, com tempo interno reduzido e mercadorias partindo do hub até seu destino final com muito mais agilidade.

O que mudou no hub?
A TRANSFOLHA mudou toda a sua estrutura física, um desafio monumental, mas  necessário, para quem está na liderança de logística de e-commerce. Com o novo layout, o  galpão foi todo refeito.

Hoje,  mais de 50 mil mercadorias que chegam diariamente na TRANSFOLHA e as encomendas que passam pelo hub de Barueri passam pelos seguintes processo:

– Separação;
– Criação de uma identificação para código de barras;
– Roteirização da entrega;
– Carregamento dos veículos corretamente;
– Saída dos veículos aos destinos.

As baias de separação, que eram demarcadas por grades fixas, agora utilizam estruturas móveis e corredores mais amplos para o fluxo das mercadorias. O hub passou a ser uma estrutura adaptável.

Planejamento e execução
O maior desafio da TRANSFOLHA: implementar o novo layout sem que perder a dinâmica do dia a dia. Por ser um hub enorme, a mudança física aconteceu em quatro etapas que levaram três meses.

Cross Docking
É hora de ampliar o apoio do sistema para fazer as separações mais intuitivas e rápidas.  A TRANSFOLHA já está trabalhando para a criação de um sistema novo para ganhar tempo.

O hub de processamento Cross Docking permite que a toda a operação receba a mercadoria de um lado para distribuição em outra ponta. Se até então o prazo era de um dia para separar a carga, ao final desta implementação do novo sistema, a velocidade e a agilidade na entrega será ainda maior, chegando a algumas horas.

Essa mudança no sistema já está acontecendo, e será concluída, no máximo,  até o final de 2020.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *